Em 2020, a indústria brasileira de alimentos e bebidas cresceu 12,8%, em comparação a 2019, atingindo R$ 789,2 bilhões, o que representa 10,6% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, segundo pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA). Trata-se de uma gigante que requer cuidados especiais com a limpeza e a higienização, devido ao risco de proliferação de vírus e bactérias nocivos à saúde dos consumidores. Por isso, a limpeza na indústria alimentícia é uma exigência legal do Ministério da Saúde e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A legislação é extensa e complexa, regulamentada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). São uma série de normas e informes técnicos, como os Procedimentos Padrões de Higiene Operacional (PPHO), o informe que regulamenta o uso de saneantes, os Padrões Microbiológicos Sanitários de Alimentos, além da norma técnica NBR 15635, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Por essa razão, é primordial contar com serviços especializados, amparados pela experiência. A seguir, você confere os 4 pilares que sustentam a prestação de serviços de limpeza e higienização na indústria alimentícia:

1. Limpar, higienizar e sanificar, o tripé para a indústria alimentícia

A própria origem da palavra higienização, do grego hygieiné, que significa “saúde”, evidencia a relação intrínseca entre limpeza e saúde. Na indústria alimentícia, esse processo deve integrar duas etapas fundamentais – limpar e sanificar.

Na primeira, o foco é remover as sujidades das superfícies, ou seja, eliminar resíduos orgânicos, inorgânicos e minerais. Já sanear significa “tornar salubre” e trata-se do processo de desinfecção, isto é, do uso de produtos e técnicas para eliminar bactérias, responsáveis por cerca de 70% dos surtos e 90% dos casos de intoxicação de origem alimentar, além de outros microrganismos nocivos à saúde.

Além de evitar a disseminação de doenças, a limpeza nesse segmento industrial tem como objetivo preservar a integridade física dos alimentos, a palatabilidade e a qualidade microbiológica, tendo relação direta com os aspectos econômicos e comerciais, para que o produto chegue à mesa do consumidor não só saudável, mas também saboroso e bonito.

2. Processos, técnicas e produtos específicos para indústria alimentícia

Seja na limpeza mecânica ou manual, a forma de colocar os agentes saneantes em contato com as superfícies, a quantidade de pressão aplicada nesse contato, o número de repetições do movimento, tudo é levado em conta para que o processo seja efetivo.

Da mesma forma, o conhecimento técnico científico para a escolha e manipulação dos produtos é essencial. É preciso respeitar a legislação, levando em conta a efetividade do saneante na eliminação dos microrganismos nocivos, o grau de impacto no meio ambiente e na sensação de conforto e bem estar das pessoas, visando, ainda, a preservação e o aumento da vida útil das instalações e equipamentos.

O processo de limpeza também deve levar em conta a ação térmica, de acordo com o método de higienização e o resíduo a ser removido, além do tempo de contato entre os sanificantes e os resíduos, para que as reações químicas de fato ocorram.

3. Plano de higienização para indústria alimentícia

Para que tudo isso possa ser feito de maneira sistêmica, efetiva e com eficiência, otimizando tempo, produtos e mão de obra, é feito o plano de higienização, que começa com uma inspeção para diagnosticar o produto que é produzido no local e, consequentemente, os tipos de sujeiras mais comuns; o estado e o tipo de material das instalações e equipamentos a serem limpos, pois cada material requer métodos e produtos específicos; e a disposição dos equipamentos na produção, para que o fluxo de limpeza seja traçado de maneira customizada, evitando a recontaminação e o retrabalho.

4. A experiência conta

Contar com uma empresa experiente para terceirizar os serviços de limpeza é uma forma de garantir a qualidade do processo, em restrito cumprimento à legislação, sem preocupação com gestão de equipes, custos de pessoal, gestão de estoque de produtos e equipamentos, ou seja, mais tempo para você focar no seu core business.

O Grupo Paineiras tem 35 anos de experiência na prestação de serviços profissionais terceirizados, atendendo importantes players do segmento da indústria alimentícia.

Clique aqui e agende uma conversa com um especialista e descubra como você pode otimizar os seus processos e garantir a segurança do seu negócio.